28/10/2018

Sonora Festival

17h30

R$ 30,00 (inteira) R$ 15,00 (meia)

“Sonora Festival Internacional de Compositoras” – Edição Joinville 2018

O Sonora é um festival que surgiu no Brasil em 2016 a fim de dar visibilidade e legitimar a presença da mulher compositora no cenário musical, estimulando o seu fortalecimento no âmbito individual por meio da coletividade. O projeto surgiu da hashtag #mulherescriando, que foi criada pela musicista Deh Mussulini para romper o imaginário de que existem poucas compositoras, ou seja, mulheres que criam sua arte. Com grande repercussão, algumas compositoras espalhadas pelo Brasil conversaram sobre a ideia de fazer um festival, que hoje intitulamos Sonora: Amorina, Bia Nogueira, Deh Mussulini e Flávia Ellen (Belo Horizonte), Ana Luisa Barral (Salvador), LaBaq (São Paulo), Ilessi (Rio de Janeiro) e Isabella Bretz (BH, Lisboa e Dublin). Essas foram as pessoas que pensaram sua forma e conceito. A partir daí, outras mulheres foram entrando para a rede, agregando ideias e iniciativas. O processo de gestão e produção do festival é todo executado por mulheres (cis e transgênero), de forma colaborativa, a partir da construção de uma rede de compositoras-produtoras. Em Santa Catarina, o festival é realizado em Florianópolis (desde 2016), Criciúma e Itajaí (em 2018).

Em Joinville: pela primeira vez em Joinville, tem a produção de Ângela Finardi, Mari Silveira, Maritza Tello De Montreuil, Nina Vieira e Prika Lourenço.

Inscrições: As inscrições para as compositoras tiveram início no dia 20 de agosto e encerram no dia 28 de setembro de 2018. O resultado da seleção será divulgado no dia 03 de outubro de 2018 na página do evento, no facebook /sonorafestivaljoinville. A importância de realizar o “Sonora  Festival Internacional de Compositoras” em Joinville está em promover, fortalecer e divulgar o trabalho das compositoras locais e do norte catarinense em um festival de alto nível, de alcance internacional, com a visibilidade que ele promove através das redes sociais. Além do evento presencial, os registros das apresentações no evento são publicados na “Rede Sonora”.  Em Joinville e em Santa Catarina são muitas as compositoras que cantam, tocam e arranjam suas próprias canções, porém não possuem reconhecimento e devido espaço no meio musical. Nos palcos do Sonora se apresentam composições diversas e de boa qualidade, de iniciantes e artistas já estabelecidas, que trocam experiências e fortalecem principalmente, a cena local na qual o evento se insere.

Apoio: AJOTE, UNIVILLE, UNISICIESC e Kimberly Neves